Como melhorar a autoestima e viver bem consigo mesma?

  •  Icone Calendario10 de maio de 2024
  •  Icone Relogio 12:53
  •  
  • Carolina Glogovchan
 como melhorar a autoestima

Em um mundo em que padrões inatingíveis de forma física e até estilo de vida são amplamente divulgados na TV e potencializados pelas redes sociais, cuidar da autoestima e bem-estar emocional se tornou um assunto urgente. Afinal, como melhorar a autoestima e parar de se comparar com o outro? Que tal entender um pouquinho mais sobre isso hoje? Vamos juntas!

O que é autoestima?

A autoestima, segundo uma definição mais simplificada, é a avaliação subjetiva que fazemos sobre nós mesmos, ou seja, é a maneira como nos enxergamos e nos valorizamos diante do mundo. Uma autoestima elevada envolve a aceitação e o respeito por quem somos, nossas capacidades e, também, nossas limitações.

Isso significa que ter autoestima não tem nada a ver com ser perfeito ou nunca errar; mas aceitar quem, de fato, somos. Além disso, uma autoestima saudável é fundamental para o nosso bem-estar emocional e mental, da mesma forma que uma baixa autoestima provoca desânimo, desesperança e estagnação na vida. 

Os 4 pilares da autoestima

como melhorar a autoestima

Para entendermos um pouco mais sobre autoestima, é importante conhecer os pilares que fundamentam e ajudam a desenvolver um pensamento saudável sobre nós mesmos. Confira:

Pilar 1: Autoconceito

O autoconceito refere-se à percepção e compreensão que temos sobre nós mesmos, incluindo nossas características pessoais, habilidades, valores, crenças e identidade. Esse pilar é formado por uma combinação de fatores internos (como autoavaliações e autopercepções) e externos (como feedback dos outros e experiências sociais). Um autoconceito positivo envolve reconhecer nossas qualidades, virtudes e áreas de crescimento, e aceitar nossas imperfeições com compaixão.

Pilar 2: Autoimagem

A autoimagem diz respeito à maneira como percebemos nossa própria aparência física, estilo pessoal e apresentação externa, e isso inclui aspectos como altura, peso, cor da pele, cabelo, vestuário e expressões faciais. Uma autoimagem positiva envolve aceitar e valorizar nossa aparência única, cultivando uma atitude de respeito e amor-próprio em relação ao nosso corpo e à nossa imagem externa.

Pilar 3:  Auto-reforço

O auto-reforço refere-se à capacidade de nos recompensarmos e reconhecermos nossas próprias realizações e progressos. Isso envolve internalizar e valorizar positivamente nossas conquistas, esforços e comportamentos positivos. O auto-reforço positivo pode fortalecer nossa autoestima, aumentar nossa motivação e promover um ciclo de autoestima saudável.

Pilar 4: Autoeficácia

A autoeficácia se relaciona com a crença em nossa capacidade de realizar com sucesso tarefas específicas e alcançar objetivos desejados. É a confiança em nossa competência e habilidade para lidar eficazmente com desafios e situações diversas. Uma autoeficácia na medida certa está associada a uma maior resiliência, persistência e bem-estar psicológico, pois nos capacita a enfrentar os desafios da vida com mais confiança e determinação.

Como saber se a sua autoestima está baixa?

como melhorar a autoestima

Existem diversas maneiras de identificar se sua autoestima está baixa. Isso porque, quando um ou mais dos pilares da autoestima está desajustado, os comportamentos de baixa autoestima começam a aparecer, com destaque para:

  • Autocrítica constante: Se você costuma se criticar de maneira severa e implacável, inclusive na frente dos outros, constantemente focando em suas falhas e imperfeições, isso pode ser um indicador de baixa autoestima.
  • Comparação excessiva: Se você se compara frequentemente aos outros e sente que nunca está à altura, isso pode indicar uma falta de confiança em si mesmo e uma visão negativa de sua própria valia.
  • Evitar desafios: Se você evita desafios ou oportunidades de crescimento devido ao medo do fracasso ou à falta de confiança em suas próprias habilidades, isso pode ser um sinal de baixa autoestima.
  • Sentimentos de inadequação: Se você se sente inadequado, incapaz ou indigno de maneira frequente, mesmo diante de elogios ou conquistas, isso pode indicar uma autoimagem negativa e uma baixa autoestima.
  • Isolamento social: Se você evita interações, se retrai socialmente ou se sente desconfortável em situações sociais, isso pode ser um reflexo de uma autoestima prejudicada e sentimentos de inferioridade.
  • Dificuldade em estabelecer limites: Se você tem dificuldade em estabelecer limites com os outros, permitindo que as pessoas o tratem de forma desrespeitosa ou manipulativa, isso pode ser um sinal de baixa autoestima e falta de autovalorização.
  • Sintomas físicos e emocionais: Baixa autoestima pode se manifestar em sintomas físicos, como fadiga, distúrbios do sono e problemas gastrointestinais, além de sintomas emocionais, como ansiedade, depressão e irritabilidade.

6 dicas de como melhorar a autoestima

como melhorar a autoestima

Melhorar a autoestima exige disciplina e alguns exercícios mentais para autoestima e também ações em favor de si mesma. Confira nossas dicas de como melhorar a autoestima:

Pratique a autocompaixão

Em vez de se criticar constantemente, pratique a autocompaixão, tratando-se com gentileza e compreensão, assim como você faria com um amigo querido. Reconheça que todos têm falhas e momentos difíceis, e permita-se ser humano.

Identifique e desafie pensamentos negativos

Observe padrões de pensamento negativo e autocrítico. Quando se pegar tendo pensamentos negativos sobre si mesmo, questione sua veracidade e substitua-os por afirmações mais realistas e positivas.

Celebre suas conquistas

Reconheça suas realizações, por menores que sejam, e celebre seus sucessos. Isso pode incluir desde completar uma tarefa difícil até alcançar um objetivo pessoal. Reconhecer suas conquistas fortalece sua autoestima e motivação.

Cuide de si mesmo

Priorize o autocuidado e dedique tempo para atividades que o façam sentir-se bem. Isso pode incluir exercícios físicos, alimentação saudável, sono adequado, hobbies que você goste e momentos de relaxamento.

Estabeleça limites saudáveis

Aprenda a dizer “não” sempre que necessário e estabeleça limites saudáveis ​​em seus relacionamentos pessoais e profissionais. Respeitar seus próprios limites ajuda a preservar sua energia e autoestima.

Busque apoio

Não tenha medo de pedir ajuda quando necessário. Conversar com amigos, familiares ou um profissional de saúde mental pode fornecer suporte emocional e perspectivas úteis para trabalhar sua autoestima.

Quais são as características de pessoas com autoestima elevada?

Uma pessoa com autoestima elevada é facilmente percebida, pois é mais segura e confiante. Confira as principais características que revelam uma autoestima equilibrada e saudável:

  • Tem confiança em si mesma;
  • É resiliente diante dos desafios;
  • Tem facilidade de se colocar em primeiro lugar sem culpa;
  • Aceita suas próprias imperfeições;
  • Tem empatia e compaixão por si e pelos outros.

Ao praticar o autocuidado, valorizar suas qualidades e respeitar suas limitações, você entenderá como melhorar a sua autoestima aos pouquinhos, construindo uma relação mais saudável consigo mesma. Lembre-se de que a jornada para uma autoestima saudável é contínua e requer amor, paciência e dedicação. Valorize-se, você merece viver bem consigo mesma!



Segue a gente no Insta Instagram

salonlinebrasil

IconOfficial
  • A fofa da @juju24hrs recebeu de uma coleguinha alguns comentários maldosos sobre os seus cachos (como pode, gente?).Mas ela ganhou muitas mensagens de apoio, carinho e, claro, um mimo Salon Line!Nós mandamos uma caixa com direito a cartinha, livrinho e os produtos mais amados do momento: as Gelatinhas e os Cremes para Pentear Uva e Melancia.Juju, você e seus cabelos são maravilhosos e merecem todo o amor e cuidado do mundo!#cabeloinfantil #gelatina #creme #cachos
  • Hoje é dia de quiz com nossos Salon Lovers. 👀👌E aí, será que todo mundo está com as respostas na ponta da língua?
Bora ver o que nossa embaixadora @eusaabrina aprontou. Spoiler: tem mimos S.O.S Cachos envolvidos. 🎁💕#quiz #cachos #óleocapilar #reparadordepontas
  • Não existe um manual para ser mãeCada mãe é única, e cada filho também. E entender essa relação vai muito além de seguir regras.As apresentadoras @eusaabrina e @keiththammy, recebem a @_jureiis. para falarem sobre os desafios, alegrias e como essa conexão entre mãe e filho se dá no dia a dia.Confira o episódio na íntegra lá no nosso canal do Youtube e aproveite para contar pra gente qual o seu maior na maternidade. Vamos conversar!
A fofa da @juju24hrs recebeu de uma coleguinha alguns comentários maldosos sobre os seus cachos (como pode, gente?).Mas ela ganhou muitas mensagens de apoio, carinho e, claro, um mimo Salon Line!Nós mandamos uma caixa com direito a cartinha, livrinho e os produtos mais amados do momento: as Gelatinhas e os Cremes para Pentear Uva e Melancia.Juju, você e seus cabelos são maravilhosos e merecem todo o amor e cuidado do mundo!#cabeloinfantil #gelatina #creme #cachos
22 horas ago
View on Instagram |
1/3
Hoje é dia de quiz com nossos Salon Lovers. 👀👌E aí, será que todo mundo está com as respostas na ponta da língua? Bora ver o que nossa embaixadora @eusaabrina aprontou. Spoiler: tem mimos S.O.S Cachos envolvidos. 🎁💕#quiz #cachos #óleocapilar #reparadordepontas
1 dia ago
View on Instagram |
2/3
Não existe um manual para ser mãeCada mãe é única, e cada filho também. E entender essa relação vai muito além de seguir regras.As apresentadoras @eusaabrina e @keiththammy, recebem a @_jureiis. para falarem sobre os desafios, alegrias e como essa conexão entre mãe e filho se dá no dia a dia.Confira o episódio na íntegra lá no nosso canal do Youtube e aproveite para contar pra gente qual o seu maior na maternidade. Vamos conversar!
2 dias ago
View on Instagram |
3/3
Luzes em cabelo crespo: inspirações para você se jogar no estilo Você já ouviu falar sobre colorimetria capilar? Penteados para ir na escola: inspirações para as crianças Cronograma capilar pós-química Creme para finalizar o cabelo ondulado: as melhores opções
Pular para o conteúdo