Como identificar a dependência emocional?

  •  Icone Calendario21 de agosto de 2023
  •  Icone Relogio 08:12
  •  
  • Talitha Benjamin
 mulher de costas para a foto com os braços abertos em frente ao mar

É difícil pensar que uma relação que nos faz bem, seja um relacionamento amoroso ou uma amizade forte, possa também nos fazer mal. Afinal, quando se está com alguém que gostamos, a possibilidade de ser ruim pode nem passar pela cabeça. Mas, olhando para a sua vida fora daquele laço, você é capaz de ser feliz sem ele? É essa pergunta que, muitas vezes, nos leva a perceber que estamos vivendo uma dependência emocional, e acredite, ela é mais comum do que se imagina. 

De acordo com especialistas, a dependência emocional é um dos diversos agravantes que pode fazer com que uma pessoa se sinta incapacitada de abandonar um relacionamento abusivo. 

Apesar de nem todos os casos de dependência emocional resultarem em uma situação de abuso ou agressão, ela ainda pode comprometer a sua liberdade, autonomia e felicidade. Aqui, convidamos você para refletir sobre esse assunto, como identificar a dependência emocional, e quais reflexões e caminhos podemos tomar para nos libertar emocionalmente. 

O que é dependência emocional?

Basicamente, a dependência emocional é quando alguém atrela todo o seu senso de satisfação pessoal à outra pessoa. Em um cenário assim, a felicidade está completamente associada a estar com o indivíduo do qual se é dependente. Essa situação é muito comum em relacionamentos amorosos, mas também pode ocorrer em relações platônicas, como amizades ou até mesmo em laços familiares. 

Na dependência emocional, o conforto proporcionado pela relação a dois se sobressai às necessidades e desejos individuais. Dessa forma, se cria uma relação de poder desigual, em que a pessoa dependente se torna refém desse laço e incapaz de se imaginar ou viver sem ele.

Quais são os sinais de que você possa estar emocionalmente dependente de alguém?

Apesar de ser uma situação psicológica complexa, em que os fatores dependem de caso a caso, alguns sinais podem ajudar a identificar uma situação de dependência emocional. Veja abaixo alguns deles: 

Você precisa e busca constantemente a aprovação do outro

Em uma situação de dependência emocional, você pode se sentir ansiosa ou constantemente preocupada com a opinião do outro sobre você, e sentir a necessidade de buscar a validação e aprovação desta pessoa.

Você sente que o outro é a sua maior prioridade

Você sente que o outro precisa sempre ser priorizado, ou seja, fazer o que a pessoa quer sempre, muitas vezes em detrimento dos seus desejos e necessidades.

Você teme ser abandonada, e tem ciúme excessivo do outro

Também é comum que você tenha muito medo de ser abandonada por quem você ama. Esse medo, frequentemente, se traduz em ciúme e desconfiança excessivos, e você anula suas próprias vontades para garantir que a pessoa não se afaste de você.

Você não consegue se imaginar sem o outro

Dentro dessa relação, é comum que a pessoa dependente tenha dificuldades em se imaginar sem o outro, ou que ela se sinta incapaz de ser feliz sem a presença do objeto de sua dependência. 

A sua vida social é totalmente voltada para o outro  

Isolar-se de amigos e familiares para passar mais tempo com o outro também é um sintoma de dependência emocional. Nessa situação, é comum que a pessoa não se sinta confortável sozinha, pois o seu senso de identidade e bem-estar está completamente dependente da presença do outro. 

Você abre mão de coisas importantes para agradar o outro

É comum que, nessa situação, você se sinta compelida a renunciar aspectos importantes da sua vida para agradar a outra pessoa. Isso inclui o seu crescimento profissional, relacionamento com amigos e familiares, ou até mesmo conquistas pessoais, pois está priorizando as necessidades do outro para manter o relacionamento. 

Você tolera comportamentos prejudiciais para estar com o outro

Aqui, em situações extremas, uma pessoa pode tolerar comportamentos prejudiciais, como acessos de raiva, ofensas e abusos com medo de perder a pessoa, ou se recusar a terminar uma relação desgastada e prejudicial por não querer ficar sozinha. 

Quais são os riscos de estar em um relacionamento onde há dependência emocional?

A dependência emocional é um estado psicológico complexo, e muito comum. Afinal, muitos dos sintomas que caracterizam este problema são comportamentos comuns, até mesmo encorajados pela sociedade. O ciúme excessivo, por exemplo, é algo totalmente naturalizado, mas que, na verdade, pode ser prejudicial e perigoso. Veja abaixo alguns problemas que podem derivar da dependência emocional, aprofundar o sofrimento e tornar uma relação em uma dinâmica tóxica e prejudicial para ambos os lados. 

Baixa autoestima

A pessoa emocionalmente dependente pode ter problemas com a autoestima, já que sua felicidade e senso de valor está totalmente ligada à aprovação de outra pessoa. Isso pode se traduzir em sentimentos de inadequação e desvalorização.

Falta de autonomia e liberdade

A dependência emocional pode fazer você se sentir incapaz de tomar decisões ou atitudes sem levar o outro em consideração. Isso pode trazer consequências graves, já que sua autonomia e liberdade pessoal dependem totalmente da aprovação ou satisfação de outra pessoa. 

Ausência de crescimento e desenvolvimento pessoal

A dependência emocional também tem impactos no seu crescimento e desenvolvimento. Você pode evitar se colocar em situações que fariam você crescer e evoluir, simplesmente porque elas não atendem também aos desejos de quem você depende emocionalmente para ser feliz. 

Manipulação, controle, e em casos graves, abuso

O objeto da dependência emocional pode usar a desigualdade de poder, conscientemente ou não, para manipular e controlar o parceiro. Isso pode levar a um ciclo vicioso de comportamentos abusivos e tóxicos, que pode aprofundar o seu sofrimento. 

De acordo com o Instituto Maria da Penha, a grande maioria dos casos de violência doméstica também trazem a dependência emocional como grande catalisadora de abusos e agressões, inclusive impedindo que as vítimas busquem ajuda ou abandonem os parceiros. 

Infelicidade e insatisfação constante

Estar em uma relação em que ocorre a dependência emocional dificilmente se traduz em um relacionamento saudável. Isso porque essa condição aprofunda desigualdades e sofrimento, causando insatisfação e infelicidade. 

Caminhos para se libertar: o que fazer se me encontro dependente emocionalmente de alguém?

Sair de uma dependência emocional, pode, muitas vezes, parecer impossível, já que um dos sintomas é a incapacidade de se imaginar sem a pessoa. Mas é possível, e necessário, recuperar a sua autonomia e liberdade, e buscar uma forma mais saudável de se relacionar. Veja abaixo:

Reconheça e aceite

O primeiro passo é refletir sobre sua relação, seus sentimentos e emoções, e também sobre suas insatisfações. Seja honesta consigo mesma, e admita que está em um ciclo de dependência emocional. Não precisa se sentir culpada, afinal, muitos aspectos dessa dependência são ensinados para nós inconscientemente como a forma correta de se relacionar. 

Exercite sua autoconsciência

Chegou a hora de conversar consigo mesma e tentar entender de onde vem essa necessidade de depender do outro. Pergunte-se como, quando, e o porquê desse apego, e como isso pode estar ligado com suas inseguranças, traumas e crenças errôneas do que é uma relação saudável.

Recupere sua autoestima

Aqui, é importante exercer um olhar carinhoso sobre si. Reflita sobre suas qualidades, conquistas e interesses. Descubra-se sem o outro, o que te faz vibrar fora do seu relacionamento. Desenvolver uma identidade própria, enraizada no autoconhecimento, é o primeiro passo para se livrar da dependência emocional.

Estabeleça limites — e não abra mão deles

Agora, uma pergunta importante: você sabe dizer “não”? Muitas de nós ainda apresenta dificuldades em saber vocalizar limites, mas isso é uma das sabedorias mais essenciais na construção da saúde emocional. Isso porque, ao dizer “não” e ser firme sobre o que não gosta e o que não quer fazer, você evita situações que podem aprofundar o seu sofrimento. 

Busque apoio de amigos e familiares

Lembre-se: ao entrar em um relacionamento, você continua sendo você mesma. Então, não faz sentido ter convívio e intimidade com uma só pessoa. Busque construir e recuperar seus laços com amigos e familiares e pessoas da sua rede de apoio fora do relacionamento.

Se redescubra

Para sair da dependência emocional, você precisa estar em profundo contato com você mesma, atenta às suas necessidades, infelicidades e anseios. É hora de se redescobrir, de refletir sobre quem você é fora da relação, e quem você quer ser para além dela. Esse momento é muito gratificante, e importante para você alcançar sua autonomia e liberdade. 

Seja paciente e gentil consigo mesma

Lembre-se de que a dependência emocional é apenas um reflexo de inseguranças e insatisfações que você já tem. Quem sai de um relacionamento onde há a dependência emocional e não trabalha em si, facilmente poderá entrar em outro relacionamento tóxico. Seja paciente, entenda que você está em um processo gradual, e que essa liberdade vem com o tempo.
Se você estiver passando por um momento complicado, ou precisa de ajuda para se proteger de uma relação tóxica e perigosa, procure a Central de Atendimento à Mulheratravés do número 180, o serviço público que registra denúncias e as encaminha para órgãos públicos. Você também pode obter informações sobre os direitos da mulher, e também sobre os locais de atendimento mais próximos e apropriados para cada caso.



Segue a gente no Insta Instagram

salonlinebrasil

IconOfficial
  • A @jehrodriguesmakeup testou a finalização na bacia usando o Creme para Pentear #todecacho Babosa - ele vai hidratar, dar maciez e definição aos cachos. Bora acompanhar e conferir esse resultado?

#creme #babosa #hidratação #cachos
  • 🖤 Fios mais fortes, encorpados, resistentes e saudáveis são todos os benefícios que queremos, né? Então, já coloca o Spray Protetor Térmico S.O.S Bomba Força & Engrossamento na sua lista de favoritos porque sucesso ele já é!
  • Verão, duas irmãs, um produto, um mistério… E UM CONCURSO! ☀️👭🥰👀🎉
Dê continuidade a essa história de verão e participe do novo concurso Salon Line. 

✅ Serão 3 ganhadores por semana e um deles pode ser você, hein? 
✅ Ah! E o prêmio? Um kit exclusivo e lindão Salon Line.
✅ Grave o final dessa novela, poste nas redes participantes (Instagram e/ou TikTok).
✅ Use a hashtag #veraosalonline e boa sorte!
A @jehrodriguesmakeup testou a finalização na bacia usando o Creme para Pentear #todecacho Babosa - ele vai hidratar, dar maciez e definição aos cachos. Bora acompanhar e conferir esse resultado? #creme #babosa #hidratação #cachos
2 dias ago
View on Instagram |
1/3
🖤 Fios mais fortes, encorpados, resistentes e saudáveis são todos os benefícios que queremos, né? Então, já coloca o Spray Protetor Térmico S.O.S Bomba Força & Engrossamento na sua lista de favoritos porque sucesso ele já é!
🖤 Fios mais fortes, encorpados, resistentes e saudáveis são todos os benefícios que queremos, né? Então, já coloca o Spray Protetor Térmico S.O.S Bomba Força & Engrossamento na sua lista de favoritos porque sucesso ele já é!
3 dias ago
View on Instagram |
2/3
Verão, duas irmãs, um produto, um mistério… E UM CONCURSO! ☀️👭🥰👀🎉 Dê continuidade a essa história de verão e participe do novo concurso Salon Line. ✅ Serão 3 ganhadores por semana e um deles pode ser você, hein? ✅ Ah! E o prêmio? Um kit exclusivo e lindão Salon Line. ✅ Grave o final dessa novela, poste nas redes participantes (Instagram e/ou TikTok). ✅ Use a hashtag #veraosalonline e boa sorte!
4 dias ago
View on Instagram |
3/3
Cuidados pós progressiva: dicas para manter os fios alisados lindos e saudáveis Você conhece os benefícios do D-Pantenol para o cabelo? Saiba o que é e quais os benefícios do acidificante capilar Cronograma capilar para crescimento: dicas para um cabelão de sucesso Tranças box braids em cabelos cacheados: dicas e 6 inspirações